5 passos para inovar

 

A palavra inovação é referente a um método, que se diferencia dos anteriormente criados em algum tipo de aspecto, sendo que é mais utilizada no contexto de invenções que são exploradas mercadologicamente, a fim de potencializar a competitividade.

A inovação, hoje em dia, se tornou algo essencial para a sobrevivência de uma empresa, tanto no sentido de inovar na criação de um produto, quanto no contexto de minimizar custos e otimizar processos. A empresa que não inova está sujeita a tornar-se obsoleta e perder seu mercado para empresas que estão buscando inovação.

Muitas empresas, por exemplo, para buscar mercados ou criar novos produtos, necessitam de novos métodos de produção ou de máquinas que satisfaçam a função desejada. Dessa forma, diversas empresas procuram profissionais capazes de desenvolver projetos mecânicos ousados e completamente específicos ou profissionais capazes de diversificar processos.

Nesse sentido, é importante entender como o processo de inovação pode surgir desde a etapa inicial de pesquisa até uma aplicação concreta por meio de um projeto. A seguir, destacamos algumas etapas que podem auxiliar sua empresa na busca por inovação constante.

1.Pesquisa:

 O passo inicial é entender o que a empresa deve priorizar ao buscar inovação. Inovar no setor que já é o mais eficiente pode não trazer resultados. A listagem dos processos realizados dentro da organização com a avaliação do desempenho efetivo de cada um deles pode trazer à tona pontos frágeis nunca antes notados.

Analisando, por exemplo, um caso de uma indústria têxtil conhecida, foi percebido que o maquinário utilizado na produção era obsoleto, e por isso não era possível ampliar o mercado. A qualidade do produto não era boa o suficiente para abranger grandes mercados e a capacidade de produção da fábrica era baixa. Nesse sentido, fez-se necessário realizar modificações que possibilitassem corrigir erros notados através da análise dos gargalos da empresa.

Um outro exemplo percebido é o da empresa Embraer, em uma etapa final da montagem da aeronave ERJ-170. Verificou-se que o método de montagem das aeronaves antecessoras à ERJ-170 não era satisfatório para realizar a montagem desta. Nesse contexto, foi necessário trazer inovações no processo citado, como forma de resolver o problema notado.

 2. Geração de Ideias:

 Após identificar o gargalo, junte-se aos profissionais da empresa e faça um brainstorming. Lembre-se que quanto maior for o número de pessoas pensando em uma resposta, maior será o número de contribuições significativas. Tente deixar todos à vontade para opinar, isso tornará o ambiente mais propício à inovação. Uma primeira ideia inviável expressada poderá levar alguém a pensar em algo que resolverá o problema. Como já disse Seth Godin: “ Não tenha medo de ter ideias ruins. Ruim é não ter ideias ”;

 3. Escolha a Ideia Mais Apropriada:

 Após já ter anotado as diversas soluções que surgiram, cabe agora a você escolher a que melhor se aplica ao seu empreendimento. Deve ser analisado o custo benefício de todas as propostas a longo prazo, pensando sempre no desenvolvimento de sua empresa. Muitas vezes, a solução que parece ser a mais cara é a que traz um melhor retorno. Um exemplo disso, pode vir da necessidade de melhorar o processo de carregamento de uma máquina que inicialmente era feito de forma manual, passando a ser realizado de forma automatizada. A escolha que tem preço de instalação inferior parece, na maioria das vezes, mais atraente, porém nem sempre é a mais viável, visto que a longo prazo pode acarretar custos adicionais. Por isso, é importante analisar alguns dados que mostrem qual a melhor solução. A produtividade alcançada com ambos os equipamentos, os custos gerais de manutenção, instalação e treinamento são bons elementos para se analisar.

4. Invista na sua ideia:

 Finalmente, após ter selecionado qual a melhor opção, é hora de executar o que foi estudado. Nesse sentido, é importante analisar quem dará continuidade a esse processo, visto que um projeto bem feito necessita de mão de obra qualificada. Uma boa alternativa, é a contratação de serviços de consultoria com empresas juniores, visto que além de uma qualidade elevada nos serviços, estas, em sua maioria, realizam projetos mais viáveis financeiramente.

Sendo assim, procure conhecer novas empresas e buscar opiniões diferentes. Para que um projeto gere resultados, é necessário que este seja feito por pessoas capacitadas e que entendam do assunto.

5. Extraindo os resultados:

 Após a execução do projeto, é importante manter o que foi modificado, sempre trazendo pontos de melhoria e propondo mudanças. Manter um projeto fixo, sem atualizações pode acarretar problemas novamente a sua empresa.

É importante analisar se o novo projeto está trazendo resultados satisfatórios, de forma que os responsáveis devem, a todo instante, extrair informações por meio de indicadores, analisando-os e propondo planos de ação viáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *