Ideia inovadora, já pensou em desenvolver a sua?

Ideia, de acordo com o dicionário, é uma representação mental de algo concreto ou abstrato e inovação, no ramo empresarial, é a necessidade de criar caminhos e estratégias diferentes para chegar a um determinado objetivo. Então, uma ideia inovadora seria, também no ramo empresarial, uma resposta que o consumidor estivesse disposto a pagar.

 

E desenvolver uma ideia inovadora pode ser rentável, no entanto, nem sempre é fácil de transformar uma ideia em inovação. A dificuldade vem de encontrar algo que possa ser bem visto no mercado e que possa, também, solucionar algum problema ou auxiliar em algum processo já existente (dois exemplos são ideias inovadoras para a otimização de processos e para a padronização). A inovação vem de um problema ou de uma tarefa já existente.

 

Por qual motivo eu deveria desenvolver uma ideia inovadora? Ao se desenvolver uma inovação, você cria a oportunidade de aprimorar a sua criatividade e encontrar novos e melhores resultados, além de consolidar o seu lugar no mercado.

Dificuldades:

Para um melhor aprofundamento desse tema, é preciso entender quais são as dificuldades de se criar uma ideia inovadora:

 

  • Como citado antes, a inovação vem de um problema ou de uma tarefa já existente, ou seja, ela não sairá do zero, ela dependerá de algo já existente para que possa ser desenvolvida.

 

  • Existe uma dificuldade de colocar no papel por parte das pessoas para expressarem seus pensamentos no papel, então isso pode ser considerado uma dificuldade para seu desenvolvimento.

 

  • Abrir mão pode ser considerado um obstáculo para que possa ser desenvolvida essa inovação já que, em muitos casos, o responsável pela ideia fica preso ao seu estado inicial ao invés de fazer alterações para que possa ser destrinchada e melhorada.

 

  • Custos, em diversos momentos, ideias boas são descartadas, pois, para desenvolve-la, deve-se ter noção que não é algo muito barato para que ela possa ser passada para o papel e, posteriormente, executada.

 

Como consolidar a ideia:

Como foi dito antes, existe uma dificuldade de colocar a inovação no papel, mas, antes de passar para essa etapa, deve-se consolidar a ideia. E algumas ideias de como dar início a essa etapa é:

 

  • Começar pelo fim, ou seja, começar pensando que problema a sua inovação irá solucionar, como será solucionado. Também é interessante fazer analises para verificar se a ideia irá alcançar as demais pessoas ou grupos que precisam dela.

 

  • Cuidado ao ouvir a opinião dos outros, pois a sua ideia poder ser algo diferente dos que os demais estão habituados a ver e, por causa disso, dizerem que a sua ideia é ruim. Em alguns casos, as pessoas que realmente compram a ideia e querem ajudar, darão feedbacks para que você possa desenvolver ainda mais a sua inovação.

 

Requisitos para implementa-la:

Por fim, o que é necessário para implementar a sua ideia inovadora na sociedade?

  • A criação de um protótipo é necessária para que a inovação seja visualiza mais facilmente e não fique apenas com a criatividade da pessoa para tentar entender o que de fato se trata e como é o seu funcionamento.

 

  • A busca por um investidor também é importante, pois como a sua inovação será implementada sem que você tenha um investimento para produzi-la?

 

  • Busca por um grupo que aceite a sua inovação. É importante definir que comunidade/grupo você irá buscar para fazer a aceitação do seu protótipo.

 

Saiba um pouco mais sobre inovação e protótipos de ideias clicando aqui.